Donnadina: pizzaria napoletana ‘auto service’ em Canela

IMG-4534

Recém inaugurada, Donnadina é o novo endereço da pizza estilo napoletano na Serra Gaúcha.

Ao lado da Catedral de Pedra de Canela, um dos principais pontos turísticos da cidade, o empreendimento se diferencia- além da pizza – pelo sistema de atendimento ‘auto service’. O cliente tem a liberdade de pegar sua bebida direto do freezer, pedir a pizza, e ao final da experiência gastronômica informa o que consumiu para gerar a comanda de pagamento. A inspiração para o novo negócio do  empresário Peterson Secco – dono da marca The Petit e Abbiamo Fatto – veio das pizzarias napoletanas da Europa.

No cardápio oito sabores salgados e uma opção doce, em massa leve, com ingredientes selecionados, e servidas em porções individuais – para comer como os italianos, com a mão. O negócio ainda funciona como um pequeno mercado italiano, onde é possível levar para casa alguns dos ingredientes originais da pizza, como mozzarela de búfala e molho de tomate italiano. O funcionamento diário é das 11h às 23hna Casa Auxiliadora (Praça Matriz, 40).

Photo taken with Focos

Antes mesmo da abertura, a nova pizzaria napoletana de Canela causou burburinho. Peterson criou, em uma de suas redes sociais, um concurso para o público sugerir nomes para o negócio, o prêmio para o autor do nome escolhido: um ano de pizza grátis. “Donnadina é uma homenagem para minha avó, Dina, que não está mais entre nós, mas foi essencial na minha vida, e me ajudou a montar minha primeira pizzaria, nos fundos de casa”, conta Secco.

ENTRE OS MELHORES DO MUNDO 

Além de empresário do ramo, Peterson Secco se destaca como pizzaiolo. Ele está em Nápoles, na Itália, onde integra a equipe brasileira na Olimpiadi della Vera Pizza Napoletana, que acontece entre 8 e 10 de junho, na sede da Associazione Verace Pizza Napoletana (AVPN) e reúne os melhores pizzaiolos do estilo ao redor do mundo.

Fotos: Divulgação

Estação Campos de Canella inaugura dia 17 de janeiro

imagem_release_1559191

Após o marcante retorno da locomotiva La Meuse revitalizada, em dezembro de 2018, a Estação Campos de Canella será oficialmente aberta dia 17 de janeiro, às 19h. O evento de abertura deverá reunir comunidade e autoridades da cidade e do estado. Além da cerimônia oficial de inauguração para convidados, um grande espetáculo com música e performances artísticas foi especialmente criado para marcar a data.

Com a participação de pelo menos 30 artistas, a apresentação irá mesclar a história de Canela e seu desenvolvimento a partir da chegada da linha férrea à cidade. Personagens importantes como João Corrêa, construtor da ferrovia, e Benito Urbani, curioso e empreendedor da área, serão lembrados durante a apresentação criada exclusivamente para o evento pela D’arte Multiarte, de Canela, que promete emocionar a cidade.

O complexo, uma parceria público-privada, desenvolvido pela Incorporadora Novalternativa e que ganhou a parceria e expertise do Mundo a Vapor em todas as questões referentes a trens e trilhos, transformou a antiga Estação Férrea de Canela em um novo paradouro para comunidade e turistas, com operações de gastronomia e entretenimento.

Restaurante Férreo, Lucca Bistrô, Velha Bruxa, SG Facas, Alpen Park, Florybal e Mundo a Vapor são as primeiras operações a funcionar no complexo (ao final serão 42) e abrem ao público já no dia 18 de janeiro. Uma segunda etapa está prevista para abril com MF Cervejas Artesanais, La Estación, Pop’s Crock e Royal Trudel. Em agosto deve ser finalizada a área central da Rua Coberta, com o espaço para apresentações culturais e artísticas. Dezembro marca a finalização de todo o complexo, com área total de 5,9 mil m², com o início das operações da Confeitaria Berola, Essenza, Gelateria Venetta, Big Land e Museu do Trem.

Foto: Cleiton Thiele