“Minha Mãe É Uma Peça” retorna a Porto Alegre para última apresentação na cidade

16319_em_pe_janela_2

Minha Mãe É Uma Peça volta aos palcos. A remontagem vem para brindar e comemorar a brilhante trajetória de Dona Hermínia, personagem que conquistou todo o país e que já levou milhões de espectadores aos teatros e aos cinemas de todo o Brasil, com os filmes Minha Mãe É Uma Peça 1 e 2. De volta a Porto Alegre, o espetáculo ocorre no dia 6 de dezembro, às 19h, no Teatro do Sesi. Os ingressos já estão à venda.

Nessa reedição de Minha Mãe é Uma Peça, chamou-se o cenógrafo Zé Carratu, que imprimiu sua sofisticação a nova ambientação da peça e a figurinista Reka Koves, que trouxe a contemporaneidade ao visual da personagem. A iluminação é de Marcos Olivio, um craque, e a trilha sonora renovou-se na antiga e ultra bem-sucedida parceria com Zé Ricardo. A direção continua com o talentosíssimo João Fonseca, premiado diretor de inúmeros sucessos do teatro brasileiro. Quem assina o texto e dá vida a fulgurante Dona Hermínia, personagem com rara carga de humanidade, fator que gera identificação maciça do público, é o ator Paulo Gustavo, que consegue eletrizar o público com a mais perfeita tradução da personagem que ele mesmo criou.

O ESPETÁCULO

Em princípio, todo o texto que aborde de maneira sensível as relações familiares, especialmente de pais e filhos, já tende a garantir uma identificação com a plateia. Contudo, Paulo Gustavo transcende os estereótipos e clichês e com um olhar agudo, acessa de forma sensível o delicado e muito bem-humorado universo de Dona Hermínia. O ator ao adentrar nos meandros e melindres de Dona Hermínia e sua família, captados no texto, mas, sobretudo, nos jeitos e trejeitos dessa Mãe, está falando de todas as famílias brasileiras.

Mais ainda, a peça fala de afeto, de laços familiares que superam “entreveros” e “confusões”. Dona Hermínia é uma mulher madura, aposentada e sozinha, cuja maior ocupação é justamente procurar o que fazer, uma vez que seus filhos estão crescendo e não precisam mais de seus cuidados e broncas. É este o universo da personagem que, na falta de trabalho e romance e entre uma conversa e outra com a tia idosa, a vizinha fofoqueira e a irmã confidente, ainda precisa manter a sua condição de mãe às voltas e preocupada com problemas dos filhos.

O que pode faltar em “simpatia” a Dona Hermínia, sobra em graça. A personagem é divertidíssima. Bom para a plateia; afinal, rir dessas mulheres é um bom modo de não enlouquecer junto com elas.

Para este espetáculo, Paulo Gustavo, trouxe à tona a espantosa bagagem de suas experiências e observações domésticas, compondo com elas um espectro dos humores femininos, gestos, trejeitos, falas, atitudes, achaques e ataques, oferecendo uma minuciosa observação do cotidiano brasileiro que resultou numa comédia especialmente sensível e bastante divertida.

SERVIÇO

MINHA MÃE É UMA PEÇA

Dia 06 de dezembro
Quinta-feira, às 19h
Teatro do Sesi (Av. Assis Brasil, 8787 – Sarandi, Porto Alegre)

INGRESSOS:

Setor Inteira Meia-entrada
Mezanino Visão Parcial R$ 80,00 R$ 40,00
Mezanino R$ 100,00 R$ 50,00
Plateia Alta R$ 140,00 R$ 70,00
Plateia Baixa R$ 180,00 R$ 90,00

– 50% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS somente na estreia – limitado a 100 ingressos e vendas apenas na bilheteria;

– 50% de desconto para titulares dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card, somente para estreia, adquiridos apenas na bilheteria – limitado a 100 ingressos;

– 10% de desconto para titulares dos cartões Zaffari Card e Bourbon Card nos demais ingressos;

– 10% de desconto para sócios do Clube do Assinante RBS nos demais ingressos.

* Crianças até 24 meses que fiquem sentadas no colo dos pais não pagam;
** Política de venda de ingressos com desconto: as compras poderão ser realizadas nos canais de vendas oficiais físicos, mediante apresentação de documentos que comprovem a condição de beneficiário. Nas compras realizadas pelo site e/ou call center, a comprovação deverá ser feita no ato da retirada do ingresso na bilheteria e no acesso à casa de espetáculo;

*** A lei da meia-entrada mudou: agora o benefício é destinado a 40% dos ingressos disponíveis para venda por apresentação. Veja abaixo quem têm direito a meia-entrada e os tipos de comprovações oficiais no Rio Grande do Sul:
– IDOSOS (com idade igual ou superior a 60 anos) mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
-ESTUDANTES mediante apresentação da Carteira de Identificação Estudantil (CIE) nacionalmente padronizada, em modelo único, emitida pela ANPG, UNE, UBES, entidades estaduais e municipais, Diretórios Centrais dos Estudantes, Centros e Diretórios Acadêmicos. Mais informações: http://www.documentodoestudante.com.br
– PESSOAS COM DEFICIÊNCIA E ACOMPANHANTES mediante apresentação do cartão de Benefício de Prestação Continuada da Assistência Social da Pessoa com Deficiência ou de documento emitido pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), que ateste a aposentadoria de acordo com os critérios estabelecidos na Lei Complementar nº 142, de 8 de maio de 2013. No momento de apresentação, esses documentos deverão estar acompanhados de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS PERTENCENTES A FAMÍLIAS DE BAIXA RENDA (com idades entre 15 e 29 anos) mediante apresentação da Carteira de Identidade Jovem que será emitida pela Secretaria Nacional de Juventude a partir de 31 de março de 2016, acompanhada de documento de identidade oficial com foto.
– JOVENS COM ATÉ 15 ANOS mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
– APOSENTADOS E/OU PENSIONISTAS DO INSS (que recebem até três salários mínimos) mediante apresentação de documento fornecido pela Federação dos Aposentados e Pensionistas do RS ou outras Associações de Classe devidamente registradas ou filiadas. Válido somente para espetáculos no Teatro do Bourbon Country e Auditório Araújo Vianna.
– DOADORES REGULARES DE SANGUE mediante apresentação de documento oficial válido, expedido pelos hemocentros e bancos de sangue. São considerados doadores regulares a mulher que se submete à coleta pelo menos duas vezes ao ano, e o homem que se submete à coleta três vezes ao ano.

****Caso os documentos necessários não sejam apresentados ou não comprovem a condição do beneficiário no momento da compra e retirada dos ingressos ou acesso ao teatro, será exigido o pagamento do complemento do valor do ingresso.

*****Descontos não cumulativos a demais promoções e/ ou descontos.

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sujeito à taxa de serviço):
Site: http://www.uhuu.com

Atendimento: falecom@uhuu.com

CANAIS DE VENDAS OFICIAIS (sem taxa de serviço):
Bilheteria do Teatro do Bourbon Country: Av. Túlio de Rose, nº 80 / 2º andar (de segunda a sábado, das 10h às 22h, e domingo e feriado, das 14h às 20h)

Formas de pagamento:
Internet: Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American.
Bilheteria: Dinheiro, Visa, Master, Diners, Hiper, Elo, American e Banricompras (débito).

Foto:  Fábio Bartelt
Anúncios